Sobre a autora

Mariana Salomão Carrara é paulistana, Defensora Pública, nascida em 1986. Tem publicados um livro de contos (Delicada uma de nós – Off-Flip, 2015), e os romances Idílico (EI, 2007), Fadas e copos no canto da casa (Quintal Edições, 2017), e Se deus me chamar não vou (Prêmio Paratodxs – Editoras Nós e Edith, 2019). Por contos e poemas, recebeu prêmios nacionais como Off-flip (2012), SESC-DF, Felippe D’Oliveira (2015 e 2016), Sinecol, e Josué Guimarães. Recebeu o segundo lugar no Prêmio Guiões (Portugal, 2019) pelo roteiro de longa-metragem É lá que eu quero morar. Entre outras mídias, publicou um conto na revista do SESI/SP, outro na revista do SESC-SP, um na Revista Liberdades, do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais, e um no site da Revista Lavoura. Foi aluna do CLIPE Prosa da Casa das Rosas (2018). Integra o Coletivo literário Água na Peneira. No Facebook alimenta com textos próprios a página Delicada uma de nós.